Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
28/05/18 às 14h32 - Atualizado em 28/05/18 às 14h46

Procon fiscaliza postos de combustíveis e depósitos de gás

COMPARTILHAR

O Instituto de Defesa do Consumidor do Distrito Federal (Procon-DF) está com operação especial para coibir práticas abusivas em postos de combustíveis desde a última quinta-feira (24). Durante o fim de semana, em ação conjunta com a Polícia Civil, a operação foi intensificada, abrangendo também depósitos de gás de cozinha.

 

O principal problema encontrado, até o momento, é a falta de transparência nos preços em alguns estabelecimentos. Postos retiraram a precificação e outros tamparam os valores com fitas brancas. Assim, o consumidor fica sem saber quanto está pagando pelo litro do combustível.

 

Um posto em Taguatinga Sul foi multado em R$ 294 mil por prática abusiva, ao vender o litro da gasolina a R$ 5,99 – o maior valor encontrado no DF após o início da operação. O local também apresentava preços distintos para o mesmo produto.

 

Segundo relato de consumidores, na noite de quarta-feira (23), o preço da gasolina chegou a R$ 9,99 em alguns postos. Já os botijões de gás chegaram a custar R$ 200 no fim da semana passada. Nesses casos, o Procon orienta que o consumidor peça o comprovante fiscal ou tire foto dos preços. Para fazer a denúncia, é necessário ir a um dos dez postos do instituto espalhados pelo Distrito Federal.

 

“Estamos em praticamente todas as regiões administrativas. Vamos tentar comparecer a todos os estabelecimentos e autuar os que estiverem cobrando de forma abusiva”, informa a diretora-geral do Procon, Ivone Machado. “A princípio, proprietários que ficaram sabendo da operação já reduziram os valores dos produtos”, completou.

 

A prática abusiva contra o consumidor pode resultar em multa que varia de cerca de R$ 400 a R$ 6 milhões.

 

*Com informações da Agência Brasília

Instituto de Defesa do Consumidor - Governo de Brasília

PROCON

Venâncio 2000 - Setor Comercial Sul, Quadra 08, Bloco B-60, Sala 240 - Brasilia - DF - CEP: 70.333-900 Telefone: 151