Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
26/02/14 às 16h56 - Atualizado em 29/10/18 às 10h30

Procon-DF repudia venda de camisetas da Copa que fazem conotação sexual

BRASÍLIA (26/02/2014)O Procon-DF é contra a iniciativa da fabricante de material esportivo Adidas, que anunciou modelos de camisetas feitas para a Copa do Mundo que apresentavam conotação sexual.

“Não podemos tolerar que nesta relação de consumo a imagem do nosso país seja manchada. O governo do Distrito Federal vai agir contra a comercialização de produtos que alimentem a exploração sexual”, explica o diretor do Procon-DF, Todi Moreno.

As peças vendidas nos Estados Unidos continham desenhos e frases que faziam conotação sexual às mulheres brasileiras. Umas das camisetas vendidas apresentava a frase “Lookin' to score”, que pode ser traduzida como “em busca dos gols”, mas também é uma expressão que significa “pegar garotas”.

De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, a Política Nacional das Relações de Consumo tem por objetivo o respeito à dignidade dos consumidores.

Nesta terça-feira, o Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur) pediu que a Adidas retirasse os produtos de circulação.

Instituto de Defesa do Consumidor - Governo do Distrito Federal

PROCON

Venâncio Shopping - Setor Comercial Sul, Quadra 08, Bloco B-60, Sala 240 - Brasilia - DF - CEP: 70.333-900 - Telefone: 151