Governo do Distrito Federal
Governo do Distrito Federal
8/05/13 às 17h46 - Atualizado em 29/10/18 às 10h32

Procon-DF instaura processo contra empresas de telefonia líderes de reclamações

As empresas de telefonia que violarem os direitos do consumidor poderão sofrer multa de até R$ 6 milhões, aplicada pelo Procon-DF, que, em decorrência do elevado número de reclamações, formalizará, nessa quinta-feira (9/5), às 16h, na sede da autarquia, a instauração de um processo administrativo contra as empresas infratoras.

 “As empresas de telefonia lideram o ranking de maus fornecedores e essa medida é uma forma de fazê-las entender que não vamos mais admitir tamanha violação de direitos, os infratores precisam ser responsabilizados até que solucionem os problemas e prestem um melhor serviço ao cidadão que paga por ele”, ressalta o diretor do Procon-DF, Todi Moreno.

Em 2012, a telefonia figurou na primeira posição do ranking de reclamações fundamentadas – levantamento que reúne os fornecedores que mais geraram reclamações na Instituição, no Distrito Federal. Dessa lista, considerando-se somente as cinco primeiras posições, três são ocupadas pela telefonia fixa e móvel.

Durante o ato de assinatura de instauração do processo, amanhã, dados referentes ao ranking de fornecedores e problemas serão detalhados. Estarão presentes ao ato o secretário de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, Alírio Neto, o diretor do Procon-DF, Todi Moreno, o vice-diretor, Marcos Lopes e o promotor de Justiça de Defesa do consumidor, Leonardo Bessa.

Procon-DF instaura processo contra empresas de telefonia líderes de reclamações

Instituto de Defesa do Consumidor - Governo do Distrito Federal

PROCON

Venâncio Shopping - Setor Comercial Sul, Quadra 08, Bloco B-60, Sala 240 - Brasilia - DF - CEP: 70.333-900 - Telefone: 151